Saúde orienta população para uso consciente de medicamentos

Saúde 04.07 08h15 - Secretaria de Saúde de Itá recolhe cerca de 40 quilos de medicamentos descartados

A Secretaria de Saúde de Itá, preocupada com o correto descarte de medicamentos vencidos ou inutilizados, realizou um sistema de recolhimento no município, disponibilizando locais de coleta em estabelecimentos comerciais na cidade. Após um período aproximado de seis meses, foram recolhidos cerca de 40 quilos de medicamentos.

A enfermeira Raquel Mocellin, que coordena esta estratégia na Secretaria, revela que foi uma surpresa a quantidade de medicamentos descartados. “Ficamos surpresos com a grande quantidade de itens que não estavam vencidos e outros que se quer haviam sido utilizados. Também notamos que a maioria desses medicamentos foram retirados na Farmácia Básica do Município, ocasionando um grande desperdício de recursos públicos”, observa ela.

A Farmacêutica da Unidade de Saúde de Itá, Greice Barotto, informa que o número de medicamentos fornecidos pela Farmácia Básica do município é de aproximadamente 200 itens, sendo que os recursos para aquisição vêm das políticas públicas da saúde.

Para retirar medicamento, o paciente precisa ser cadastrado no município, ter uma prescrição médica, porém a sua utilização depende de orientação, conscientização e bom senso. “Para uma medicação possuir a sua eficácia, além de ser armazenada em ambiente adequado que deve ser entre 15 a 30ºC, devemos manter em um lugar limpo, protegido da ação direta da luz solar, umidade e calor, garantindo assim sua qualidade e segurança”.

Os medicamentos termolábeis (geladeira) são sensíveis à ação da temperatura e por isso requerem armazenamento sob refrigeração entre 2 a 8ºC. “Entretanto percebemos que a grande quantidade de medicamentos descartados é consequência do tratamento inadequado ou não realizado pelo paciente, ou ainda pelo armazenamento incorreto e devido ao acúmulo de medicamentos em suas casas” enfatiza a profissional.